Skip to content

Rede – Vida acima de tudo Deus acima de todos

Liga

Vida acima de tudo Deus acima de todos

Diário de Bordo da Liga

ricardomestre45

Município

São caetano do Sul

Quantos especialistas sua liga consultou?

ESPECIALISTAS

CONSULTAS

ADESÕES

Professores

5

Avó ou avô de uma pessoa da liga

2

Agricultores/as e produtores/as rurais

Cientistas

1

Ativistas e membros de organizações sem fins lucrativos (ONGs)

Comerciantes, empresários, empreendedores locais

Pajés

Iyalorixás

Lideranças comunitárias

1

Moradores antigos da microbacia

2

Lideranças religiosas

Quais são as principais características da microbacia?

Ribeirão dos Meninos
Margem direita:

Córrego Capuava
Córrego Ipiranga
Córrego Chrysler
Córrego Rotary (sob a Av. Rotary)
Córrego Santa Terezinha (sob a Av. Prestes Maia)
Córrego Saracantan (sob a Av. Pery Ronchetti)
Córrego da Água Mineral (sob a Av. Ítalo Setti)
Córrego Taioca
Córrego Itororó
Córrego Palmares (sob o Corredor ABD)
– Margem esquerda:

Córrego Basf
Córrego Casagrande
Córrego das Palmeiras
Córrego dos Lima
Córrego Borda do Campo (sob a Av. Kennedy)
Tanque das Mulatas (sob a Av. Winston Churchill)
Ribeirão dos Couros

Qual a importância dela pro seu território?

Com o crescimento da demanda e em busca da matéria-prima ideal, os Saccoman acabaram se mudando para Osasco e, posteriormente, para a região do Moinho Velho, próximo ao Ipiranga (Independência do BRASIL), atual Sacomã, onde encontraram a argila apropriada. Quando conseguiram juntar algum dinheiro e conseguiram comprar mais terrenos e constituíram o Estabelecimento Cerâmico Saccoman-Frères.
Foi a indústria dos irmãos Saccoman que desenvolveram as telhas que conhecemos, hoje, como francesas. Elas tomaram o lugar das chamadas “coloniais”, que eram feitas e moldadas artesanalmente nas pernas dos escravos. Os produtos dos irmãos franceses atingiram tal nível de qualidade que, seus tijolos e telhas, foram os escolhidos pelo poder público para compor a linda obra da Estação da Luz no ano de 1901.
O Ribeirão dos Meninos (Rio dos Meninos, Córrego dos Meninos ou Rio dos Couros) é o mais importante curso fluvial urbano do município de São Bernardo do Campo. Tem suas principais nascentes no bairro Demarchi, próximo à avenida Omar Daibert, e sua foz no rio Tamanduateí, na Vila Carioca, em São Paulo, no canal construído entre as pistas da avenida do Estado.

O trecho inicial do ribeirão dos Meninos segue paralelo à avenida Maria Servidei Demarchi, nas cercanias da fábrica da Volkswagen. Na região central de São Bernardo, segue em galerias subterrâneas, embaixo da Avenida Faria Lima e do Paço Municipal. A seguir, a partir da confluência do córrego Taioca, o ribeirão segue canalizado a céu aberto, servindo como divisa entre os municípios de São Bernardo do Campo e Santo André, em paralelo à avenida Lauro Gomes. Mais à frente, recebe as águas do ribeirão dos Couros, servindo como divisa entre as cidades de São Caetano do Sul e São Paulo, em paralelo à avenida Guido Aliberti, até desaguar no Tamanduateí.

O que precisa melhorar?

Limpeza
Programa anti-enchentes
Metrô ou Veículos leves sobre Trilhos.

Vocês descobriram uma história intrigante sobre ela? Conte aqui!

A água é essencial à vida na Terra, para TODOS os seres vivos. Porém, a ausência dela tenha sido imprescindível ao desenvolvimento da vida. As primeiras obras hidráulicas provavelmente, as que limitaram a evolução científica da hidráulica durante todo período, desde a antiguidade até o renascimento, provém de vários outros fatores histórico-tecnológicos reforçaram esta limitação (Pereira, 1994).

Algo a mais para compartilhar?

A ocupação e o uso da porção física do meio ambiente identificada como solo, localizada em trechos marginais de rios, em áreas urbanas, é responsável por inúmeros impactos ambientais adversos ao meio ambiente, exigindo a execução de obras hidráulicas fluviais. Aqui, o objetivo será o de identificar e classificar as obras hidráulicas fluviais e de macrodrenagem urbana executadas nos leitos do Ribeirão dos Meninos, em específico no trecho em frente ao Campus da Faculdade Mauá de tecnologia, situada na Cidade de São Caetano do Sul, até o ponto de encontro com Rio Tamanduateí. A metodologia do estudo descritivo ou de levantamento, consiste em observar e registrar eventos que ocorrem em um determinado espaço do mundo real, identificado como Bacia Hidrográfica do Ribeirão dos Meninos, o que caracteriza então um Estudo de Caso, e ainda buscar o estabelecimento de relações de temporalidade ou correlação entre os fenômenos observados. Destacam-se como resultados: o desenvolvimento de Critérios de Desempenho a partir do uso das Planilhas Ambientais, SILVA (2004), classificando aquelas obras em Producente e Contraproducente, e uma nova proposta de Classificação de Obras Hidráulicas Fluviais.