Skip to content

Rede – Unidos Por Um Mundo Melhor

Liga

Unidos Por Um Mundo Melhor

Diário de Bordo da Liga

@xunidosporummundomelhor

Município

São Paulo

Quantos especialistas sua liga consultou?

ESPECIALISTAS

CONSULTAS

ADESÕES

Professores

17

17

Avó ou avô de uma pessoa da liga

2

0

Agricultores/as e produtores/as rurais

0

0

Cientistas

0

0

Ativistas e membros de organizações sem fins lucrativos (ONGs)

0

0

Comerciantes, empresários, empreendedores locais

5

2

Pajés

0

0

Iyalorixás

0

0

Lideranças comunitárias

0

Moradores antigos da microbacia

6

1

Lideranças religiosas

0

0

Quais são as principais características da microbacia?

Infelizmente, nossas pesquisa só trouxe situações de desconforto para a equipe quando feita a tarefa, pois o córrego próximo da escola, não tem o devido cuidado tanto de alguns moradores próximo quanto das autoridades competente pelo zelo.

Qual a importância dela pro seu território?

O córrego segundo moradores, separa os bairros do Itaim Paulista e Guaianases.

O que precisa melhorar?

Segundo as pesquisas e analise da nossa equipe as melhorias seriam:
– canalizar o córrego.

Se não tem como fazer a canalização o mesmo deveria ser limpo constantemente e respeitado por alguns moradores que além de jogar lixo, entulhos e até animais mortos, entre outros.

Vocês descobriram uma história intrigante sobre ela? Conte aqui!

Foi feita uma reportagem: Moradores reclamam de córrego cheio de mato e lixo no Jardim Miriam, ZL-SP.
Por Eduardo Rocha -10 de maio de 2019.

Matagal em córrego e dengue assusta moradores no Jardim Miriam
Recebemos uma denuncia do morador ADF sobre um terreno localizado na Rua Felipe Benício Paes Landim, Jardim Miriam, por onde passa um córrego no fundo e que está entupido de mato e lixos. Por conta disso os moradores desconfiam que o aumento de casos de Dengue no bairro estaria relacionado a este tipo de situação. Segundo o denunciante construíram uma laje até na beira do córrego, o que certamente vai causar problemas futuros de enchentes.
Os moradores estiveram na subprefeitura do Itaim Paulista onde souberam que a área pertence à subprefeitura de Guaianases. Foram em Guaianases, mas até agora a subprefeitura não tomou providências. Esperamos que ao tornar público esta denúncia, a subprefeitura de Guaianases resolva cuidar do assunto.

Algo a mais para compartilhar?

Mesmo com a reportagem o córrego continua da mesma maneira, o que preocupa a todos pois estamos em uma fase de chuvas o que pode provocar enchentes e com ela doenças e perdas das pessoas que moram as margens do córrego.