Skip to content

RIO PARAÍBA

Liga

DIRCE_BIO

Diário de Bordo da Liga

REIIS_CA

Município

Pindamonhangaba

Bairros, Comunidades ou Cidades da Microbacia

O rio Paraíba do Sul é um curso de água que banha os estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais.
As cidades mais importantes da região são:

No lado fluminense: Volta Redonda, Resende, Barra Mansa e Barra do Piraí;
No lado paulista: São José dos Campos, Taubaté, Jacareí, Pindamonhangaba, Guaratinguetá, Lorena, Caraguatatuba e Cruzeiro. Além destas, Aparecida e Cachoeira Paulista, possuem grande destaque nacional graças ao turismo religioso.
Outras cidades da região são:

No lado fluminense: Itatiaia, Pinheiral, Piraí, Quatis, Rio Claro, Valença, Rio das Flores, Porto Real e Paraty.
No lado paulista: Arapeí, Areias, Bananal, Campos do Jordão, Caçapava, Canas, Cunha, Igaratá, Jambeiro, Lagoinha, Lavrinhas, Monteiro Lobato, Natividade da Serra, Paraibuna, Piquete, Potim, Queluz, Redenção da Serra, Roseira, Santa Branca, São José do Barreiro, São Luiz do Paraitinga, São Sebastião, Silveiras, Tremembé e Ubatuba.

Maravilhas da Bacia Hidrográfica

Pescadores encontraram no século 18 a imagem de Nossa Senhora Aparecida no rio, próximo a área onde fica hoje a cidade e a basílica. Neste ano, o Santuário Nacional inaugurou um museu de cera que retrata, entre várias cenas marcantes, o encontro da imagem.

O Rio Paraíba do Sul também é utilizado na região para o abastecimento da população. Apenas em São José dos Campos são retirados em média 1,5 mil litros de água por segundo para atender a população.

Desafios da Bacia Hidrográfica

Os desafios da bacia sã: impactos que afetam diretamente a qualidade das águas. De acordo com levantamento da ANA (Agência Nacional das Águas), um bilhão de litros de esgotos domésticos, praticamente sem tratamento, são despejados diariamente, contribuindo com a situação de degradação da bacia. “Portanto, o planejamento através dos Planos e posteriormente as execuções das ações de saneamento na bacia contribuirão para a melhoria da qualidade ambiental”.