Skip to content

Rio Grande

Liga

Grupo Antônio Marin

Diário de Bordo da Liga

@grupoantoniomarinx

Município

Orindiúva

Bairros, Comunidades ou Cidades da Microbacia

O Rio Grande nasce no Alto do Mirantão na serra da Mantiqueira em Bocaina de Minas e a partir dos municípios de Claraval e Ibiraci, o rio forma a divisa natural do estado de Minas Gerais com São Paulo. Passa pelo município de Orindiúva, Paulo de Faria, Riolândia e Cardoso, considerando somente as cidades vizinhas.

Maravilhas da Bacia Hidrográfica

As seguintes usinas hidrelétricas da divisa do Triângulo Mineiro com São Paulo são: Mascarenhas de Moraes (Usina de Peixoto) no local da antiga Cachoeira do Inferno (Ibiraci-MG), Porto Colômbia, Marimbondo e Água Vermelha, entre outras. Essas usinas ajudam no desenvolvimento das cidades e o suporte profissional do cuidado com a água da região.
Orindiúva possuí ranchos perto do Rio Grande onde a comunidade utiliza para descanso, pesca profissional e esportiva. Os donos dos ambientes se responsabilizam com lixo, resíduos tóxicos e com a preservação geral dos ranchos e com a beira do rio.
Além disso, o Rio grande disponibiliza também, na cidade de Riolândia à 55 km de Orindiúva, uma balsa para atravessar entre os estados de Minas Gerais e São Paulo.

Desafios da Bacia Hidrográfica

Feita a pesquisa, alguns ranchos da região estão sendo verificados pelos procuradores do Meio Ambiente pois eles se assoreiam ao Rio prejudicando a Área de Preservação Permanente, cuja função é a de reter água no solo, recarregar o lençol freático e proporcionar abrigo e alimento para os peixes.
Porém, a nossa Microbacia hidrográfica da região não causa transtornos a natureza considerando lixo e óleo, e não está, no momento, tendo desafios a serem enfrentados diante isso.
Os rancheiros e fazendeiros que moram e passeiam perto do rio, são considerados pessoas que cuidam e ajudam a natureza.