Skip to content

Microbacia Rio Paraná Tietê

Liga

xligadaesperanca

Diário de Bordo da Liga

@xligadaesperanca

Município

São Paulo

Bairros, Comunidades ou Cidades da Microbacia

– O rio mais importante é o Paraná que recebe as águas de muitos afluentes como, por exemplo, rio Tietê, Paranapanema e Grande. A foz desse rio é do tipo estuário.

– Ela abastece o reservatório da Usina Hidrelétrica de Itaipu (maior do Brasil).

– Sua área é de aproximadamente 879 mil quilômetros quadrados.

– A Bacia do Rio Paraná abrange os territórios do Distrito Federal e mais seis estados: Paraná, São Paulo, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Goiás e Santa Catarina.

– É a bacia hidrográfica com maior capacidade instalada de geração de energia elétrica. As maiores usinas hidrelétrica instaladas em rios da Bacia do Paraná são: Itaipu, Porto Primavera, Barra Bonita e Furnas.

– A principal rota de navegação é a hidrovia Tietê-Paraná.

Maravilhas da Bacia Hidrográfica

A principal maravilha desta microbacia é as Cataratas do Iguaçu.

Desafios da Bacia Hidrográfica

Apesar do nome, a bacia hidrográfica do Paraná abrange uma área formada por cinco estados, além do Distrito Federal: Paraná, São Paulo, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul e Goiás. Foi esse território que em 2010 apresentou a maior quantidade de pontos com Índice de Qualidade da Água (IQA) péssimo ou ruim: de 891 pontos monitorados, 61% encontravam-se nessa condição. Usando uma escala de zero a 100, o IQA mede a condição de utilização da água para fins de abastecimento público, com base em nove parâmetros técnicos. A bacia do Rio Paraná, que abrange quase a totalidade dos rios paranaenses, é a que mais sofre, detendo os piores indicadores de poluição. A constatação é da Agência Nacional de Águas (ANA), que divulgou recentemente um estudo no qual avaliou a qualidade da água em quase 2 mil pontos monitorados de todo o país.